Críticas de Livros

Todo Mundo Merece Morrer, de Clarissa Wolff | Crítica do livro

Compre o livro na Amazon

Todo Mundo Merece Morrer é o primeiro livro de Clarissa Wolff no meio literário e publicado pela Verus.É um livro que me deixou bestificada, aprendi umas coisinhas desconhecidas. A habilidade de Clarissa Wolff para criar personagens é inegável, cada criaturinha desse livro é inegavelmente original e única. Além do mais ela trata de assuntos que antes eu nunca vi sendo retratados em livros brasileiros ou de qualquer outra nacionalidade, talvez, eu que esteja lendo de menos.

Aconteceu um atentado na linha verde do metrô de São Paulo, onde Lucas Machado se mostrou um herói salvando todos os outros passageiros de uma possível tragédia pior, ao imobilizar o cara que segurava uma arma. A partir desse ponto cada capítulo é contato pela perspectiva de um passageiro que estava na hora do atentado, e então, começamos a descobrir que o nome do livro faz jus a cada história. Definitivamente TODOS MERECIAM MORRER, um mais do que outros.

Cada narrativa é única, passamos pela história de Soro Positivo se sentindo no poder de transmitir AIDS para outras pessoas, padre pedófilo, irmã induzindo a morte da outra e por ai vai. Das histórias mais variadas e absurdas, que não podemos imaginar só de olhar para o rosto das pessoas na rua, no shopping ou em qualquer transporte público. E que deixa o questionamento final: Quem de fato merecia morrer?

Clarissa Wolff é um nome para se estar de olho, com certeza, leria qualquer coisa escrita por ela, até se fosse uma bula de remédio. Possivelmente existiria um assassinato no meio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *