Críticas de Filmes

Capitã Marvel | Crítica do Filme

Confiança sempre foi um dilema importante na humanidade. Somos condicionados a confiar nos mais próximos, e ter mais cautela com o distante. É esse o cenário principal de Capitã Marvel, o novo filme do Universo Marvel (MCU).

A protagonista que dá o nome ao filme, interpretado pela Brie Larson, não se recorda do que aconteceu em grande parte de sua vida. O fio condutor do longa é a heroína tentando relembrar o seu passado esquecido.

A edição das cenas nesses momentos de flashbacks é feita de maneira diferente do comum, de modo muito agradável de se assistir e bastante didático. Outros momentos do filme também utilizam de flashbacks para compor diálogos, que só aumenta a carga emotiva das cenas.

As emoções são uma grande montanha russa. São poucas as cenas que conseguimos nos conectar emocionalmente com os personagens, parte disso devido ao alívio cômico que as vezes atrapalha o enredo. Logo após uma cena mais profunda acontecem ações que destoam da mensagem que estava sendo passada.

Esse filme pode ser um forte indício de que a Marvel estará focando no Espaço para o futuro de sua história no cinema. Assim como já fez em Guardiões da Galáxia, foram apresentados e aprofundados novas espécies de seres que vivem fora da terra.

Por exemplo, os Skrull e os Kree são o grande foco, e descobrimos ainda mais sobre o passado e o possível futuro papel deles no MCU. Os plot twists e a desconfiança contínua dos personagens é um ótimo elemento usado durante o filme, já que os Skrull tem a habilidade de mudar de forma, e podem se transformar em qualquer ser.

Há duas cenas pós créditos, sendo a primeira realmente contando mais detalhes sobre a trama, fazendo ligação com os acontecimentos de Vingadores: Guerra Infinita, e a segunda sendo apenas um alívio cômico.

O futuro de Capitã Marvel, e o presente para o MCU, é esclarecido com o fim do filme, mas ainda deixando muitas outros ganchos em aberto que podem ser explorados em futuras produções.

Assim como Pantera Negra foi uma história importante para a população negra, esse filme é um marco para as mulheres. Infelizmente não há tanta representatividade além da protagonista, sendo apenas outras duas mulheres importantes, de restante são homens.

De qualquer forma, o longa tem mensagens de empoderamento feminino que poderá inspirar diversas jovens meninas a serem a heroína de sua própria história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *