Críticas de HQ

Duas Vidas, de Fabien Toulmé | Crítica da HQ

Compre o livro na Amazon

Viver sem propósito pode ser um grande problema, principalmente se só tivermos uma vida. E infelizmente é a realidade. Em Duas Vidas o autor Fabien Toulmé aborda a busca pelo sentido da vida de uma forma natural, simples e realista.

A história é sobre um advogado que descobre um câncer e tem apenas alguns meses de vida. Seu irmão Luc o encoraja a curtir tudo o que ele ele não estava vivendo.

O decorrer da HQ é esse processo de descobertas e de desapego a antiga vida monótona e sem expectativas que ele tinha. Sempre vivendo com medo de tudo, ele não aproveitava os momentos e acabava deixando tudo pra trás sem perceber.

Os traços são bem trabalhados, com cores diferentes para os momentos do presente, geralmente mais vivas, e no passado, que é sempre em tons pastéis e avermelhados. O decorrer da história é intercalado com alguns flashbacks, que sempre complementam a cena anterior ou a seguinte.

Mesmo sendo uma história simples, o autor soube usar a criatividade e o realismo para proporcionar surpresas aos leitores. Todos os acontecimentos são plausíveis, mesmo que para uma classe social específica, ja que é preciso ter dinheiro para largar tudo.

No fim, Duas Vidas é uma grande lição de moral misturada com metáfora que além de bonita consegue emocionar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *