Críticas de HQ

Nada a Perder, de Jeff Lemire | Resenha da HQ

    Um ex-jogador de Hóquei, conhecido por ser grande e briguento, chamado Derek é o protagonista dessa história. Ele teve um passado problemático que o deixou violento, e acabou levando isso para dentro das pistas de gelo. Também foi esse o motivo pelo qual ele parou de jogar.
    A HQ é toda detalhada, com a definição perfeita das feições e emoções dos personagens, mas sem perder as características de desenho. Outro detalhe escolhido pelo autor, Jeff Lemire é que quase todo o livro é feito com tons azuis, deixando um aspecto gelado na história, porém, quando é mencionado o passado, tudo fica colorido e quente, como se aquelas lembranças fossem reconfortantes para os personagens.
    A única cor, exceto os tons de azul, que é usada normalmente é o vermelho, para caracterizar o sangue. Típico do autor que também desenvolveu a HQ Old Man Logan, sobre o Wolverine, a história violenta e sangrenta que foi adaptada para os cinemas.
    Essa história é realmente violenta, e talvez não seja indicada para aqueles que não gostam desse tipo de atitude, ainda mais sendo literalmente desenhado nas páginas. Mas até mesmo a violência tem um propósito na história, digamos um início, meio e fim. Derek e sua irmã, Beth, passaram por problemas diferentes relacionados a agressão, ele sendo o agressor e ela a agredida, e ambos têm suas evoluções ao longo da história em relação à isso.
    Detalhada e profunda como um filme, a história em quadrinho Nada a Perder trata sobre assuntos polêmicos de uma maneira real e crua. Mas ao fim, consegue deixar uma lição de moral que faz os personagens refletirem, e os leitores também.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *